domingo, 12 de dezembro de 2010

Cachoeira de Pedra Caída em Carolina ganhará teleférico e se transformará em grande complexo de lazer

Wilson Lima
Enviado Especial

Carolina – Um dos mais importantes pontos turísticos do Maranhão, o conjunto de cachoeiras de Pedra Caída, em Carolina, município distante 860km de São Luís, está recebendo investimentos da ordem de R$ 14 milhões para a construção de um complexo de lazer no local. Carolina faz parte do Parque Nacional da Chapada das Mesas.

Algumas obras já foram concluídas, outras iniciadas. A expectativa é de que toda a obra desse complexo seja concluída no fim de 2011. Entre as obras já concluídas, está a estrutura para prática de tirolesa (atividade esportiva de aventura originária da região do Tirol, na Áustria. Consiste em um cabo aéreo ancorado horizontalmente entre dois pontos, pelo qual o aventureiro se desloca por meio de roldanas conectadas por mosquetões a uma cadeirinha de alpinismo). Uma de 400 metros, outra de 600 metros e a última de 1.200 metros.
Também já foram construídos cinco quilômetros de trilhas para melhor acesso ao conjunto de 25 cachoeiras da região. Até mesmo uma igreja pequena foi feita no local.

Ainda nesse complexo de lazer, está prevista a ampliação do número de chalés existentes no local. Hoje, Pedra Caída tem oito chalés. Com a ampliação, serão 60. A obra já foi iniciada e já há novos chalés prontos.

Pipes - Esses investimentos são do grupo empresarial Pipes, conhecido pela construção e transporte de passageiros em balsas pelo Rio Tocantins, do empresário Pedro Iran Pereira Espírito Santo.

Parte dos recursos para a implementação desse projeto, o grupo Pipes espera obter financiamento via Banco do Nordeste.

“Queremos melhorar a estrutura para os visitantes. Queremos fazer algo em que uma família inteira possa ter opções de diversão”, declarou o presidente do grupo Pipes, Pedro Iran Pereira Espírito Santo.

Além disso, estão previstas a construção de uma praça de alimentação, melhoria das estruturas para a prática de rapel, a ampliação do setor de estacionamento e até a implantação de um heliporto no local.


Outro investimento diferenciado será destinado ao paisagismo desse complexo de cachoeiras, já que serão adotadas plantas da região como forma de ambientação da região.

Teleférico - Ainda nessa lista de adequações que já estão sendo realizadas em Pedra Caída, está a instalação do serviço de teleférico para ligar a base da tirolesa de 1.200 metros ao ponto mais alto da região. Somente nesse teleférico, devem ser gasto cerca de R$ 2 milhões. “Estamos negociando para obter um preço melhor”, comentou Pedro Iran Santo.

As obras foram iniciadas este ano e a projeção do grupo Pipes é concluí-las no ano que vem. Parte dos custos com a implantação desse complexo de lazer está sendo absorvido a partir das próprias empresas do grupo que se encarregam de algumas áreas, como a carpintaria e o transporte.


“A gente tem um prazo e Deus tem outro. O certo é o prazo que Deus escreve”, ressaltou o empreendedor sobre o prazo de conclusão das obras.

Pelo menos 60 homens estão trabalhando diretamente na construção desse complexo de lazer em Pedra Caída. Para Pedro Iran Santos, o mais importante na obra não é o volume de investimentos, mas a geração de empregos que proporciona.

“Para mim,o mais importante é que estamos oferecendo emprego. Estamos sendo úteis para as pessoas”, disse Pedro Iran Santos. Em alta temporada, Pedra Caída chega a receber até 700 pessoas em um único dia. Ela fica a 35km da sede de Carolina, às margens da BR-010.

Há obras em outras cachoeiras


Investimentos em conjuntos de cachoeiras, como Pedra Caída, têm sido uma constante no município de Carolina. Muito embora em outros locais a melhoria da estrutura turística seja mais pontual que a em implementação em Pedra Caída, um dos mais belos recantos do Maranhão.


Itapecuruzinho, conhecida pela cachoeira Duas Irmãs, é um exemplo disso. Nos últimos 10 anos, o empresário responsável pela manutenção do local também construiu chalés, instalou restaurantes, disponibilizou mesas e serviços de hotelaria e de alimentação no local.

Itapecuruzinho fica distante 30 km da sede de Carolina, às margens da BR-010, no sentido do município de Balsas.

Custos - Esses investimentos também geram um custo que normalmente é pago pelo visitante. Em Itapecuruzinho, apenas para o turista ficar mais perto da queda d’água, é necessário pagar uma taxa de R$ 5,00.

Se o turista pagar R$ 10,00, poderá ficar no local o dia inteiro. A área é protegida por seguranças e por uma grande mureta de ferro. “Acho estranho pagar para ver uma beleza natural, mas se for necessário, não vejo problemas”, afirmou a turista Maria Antônia Silveira.

O município de Carolina faz parte do Parque da Chapada das Mesas, que compreende uma área de 1.229 quilômetros quadrados e envolve oito municípios dos estados do Maranhão e Tocantins.

Poço Azul em Riachão (MA)

Com tanta água que corre nos rios da região, na década de 40 foi construída na cidade a primeira hidrelétrica da Amazônia. Além disso, ela foi a pioneira na fabricação de sabonete e óleo comestível em todo o Nordeste, e o movimento de pessoas e produtos era tão intenso que chegava a ser, muitas vezes, maior do que o da própria capital, São Luís.


Chapada das Mesas

- O Parque Nacional da Chapada das Mesas tem ainda grande importância local, pois protege as nascentes de muitos rios que são utilizados para abastecimento, lazer e pesca. A conservação do bioma Cerrado e a recuperação das áreas que já foram alteradas também ajudam a manter as boas condições do clima e das chuvas, beneficiando toda a região.

- As chapadas, formações geológicas em arenito com mais de 60 milhões de anos, com paredes quase a prumo e topo plano como uma mesa dão o nome à região onde o parque se encontra.

- Nos topos horizontalizados há presença de vegetação herbáceo-arbustiva, nas escarpas verticalizadas, vegetação pioneira e espécies arbóreo-arbustivas nas áreas de talus (base da escarpa).


- O Cerrado encontrado na região da Chapada das Mesas é composto por um mosaico de formações vegetais, existindo desde áreas cobertas com vegetação rasteira com arbustos escassos (formações savânicas), até áreas cobertas com florestas de árvores relativamente altas com grande dossel (formações florestais).
 
Chapada das Mesas mergulhe nessa emoção

16 comentários:

Anônimo disse...

velho, preciso de umas informações segurar para chegar nesses lugares! por exemplo: existe mesmo a possibilidade de chegar até imperatriz de trem? Qto custa essa passagem? tbm gostaria de saber se em carolina eu consigo um camping, albergue ou uma pousadinha barata!? ou vale mais a pena ficar nesses chalés proximos as cachoeiras? mto lindo esse lugar! estou indo ao maranhão e qro mto conhecer!! se puder ajudar me manda um emial.. victormarley@yahoo.com.br
valeu pelo post!!

Anônimo disse...

Existe trêm de Santa Inês para Açailândia, que fica a 1 hora de viagem de Imperatriz. Caso more em outro lugar que não em SLZ não sei se existe trem...
Em Carolina há vários lugares para se ficar, é bom que você pesquise lá mesmo preços.
Abraço

Jorge Alberto Araujo disse...

Cara o lugar é lindo... porém a infraestrutura é péssima. Tem uma rotatória de confluência das BRS, na entrada para Carolina,que é simplesmente ridícula, só tem buraco e poeira ou seja; Deus foi generoso com a região, e infelizmente os Homens (os gestores públicos)não contribuem para a melhoria desses polos turisticos que eu acredito não ser muito diferentes em outros polos turisticos do estado. E aí nosso ministro...? que é maranhense... o que é que você nos diz?

Carlos Eduardo disse...

O lugar é muito bonito em termos de belezas naturais. Já fui em Carolina em duas oportunidades. Porém a infraestrutura é péssima! A gente se decepciona um pouco com a cidade. Infelizmente as coisas aqui no Maranhão são assim...

Anônimo disse...

WAL...
ESTOU HOSPEDADA EM CAROLINA-MA A +/_ 35 KG DA CACHOEIRA PQ LÁ NÃO HAVIA VAGA. A ESTADA STA BOA E O LUGAR TEM UMA INFRAESTRUTURA OTIMA...RESTAURANTE, GUIAS...MUITO...VALE A PENA...QTO A TRANSPORTE VC DEVE CHEGAR EM CAROLINA OU ESTREITO NO MARANHÃO, FIK BEM PROX DAS DUAS CIDADES E VC TEM OPÇÕES DE HOTEM E PREÇO NESTA DUAS CIDADES...VAI LÁ.

Anônimo disse...

olha jorge Alberto acho que faz tempo que você andou em carolina porque a região tem uma infraestrutura ótima estrada estão em bom estado de conservação rede hoteleira de qualidade para amigo que quer chegar ate carolina e simples pega o avião de são luis ou de brasília ate imperatriz a partir de imperatriz pega um ônibus a carolina viva maranhão do sul o sul odeia o norte kkkkkkkkkkk brincadeira de fato o sul e mais desenvolvido

Anônimo disse...

bom passei em carolina quando estavam reformando a estrada deve estar muito lindo e as pessoas do norte do estado são muito gente boa o respeito sempre tem que existir porque todos somos maranhenses com muito orgulho beijos

Lucas Thiago disse...

Nossa turma da disciplina de Geografia das Paisagens-Universidade Federal do Ceará esteve por 3 dias em Carolina e ficamos maravilhados com as Cachoeiras da Pedra Caída e outra que faz parte da trilha que não me recordo no momento,andamos na balsa que faz a travessia para Filadélfia-To,curtimos a noite em um bar de boa estrutura que fica na praça onde tem o Banco do Brasil,a cidade é bonita pelo aspecto patrimonial conservado,casas do século passado ainda preservadas,conhcemos as cachoeiras de Itapecurui,o saneamento básico de Carolina é algo que precisa melhorar e muito,muitos esgotos a céu aberto e muito desse esgoto termina por puluir os mananciais comprometendo a vida da população e da fauna ali presente,parece-me um descaso da prefeitura com o municipio.As pousadas aparentemente não são comprometidas por esse aspecto, pois são boas.As pessoas são receptivas,a acolhida é excelente.Vale muito a pena conhecer Carolina.Filadélfia em Tocantins é super abandonada,foi decepcionante conhecê-la.No mais foi isso, uma experiência única e uma visão espetacular e sensacional,uma paisagem privilegiadissima que conhecemos e que não esqueceremos nunca e que poucos brasileiros tiveram a aoportunidade de conhecer.

Anônimo disse...

super shock; oi quero informar aos turistas que fui a chapada das mesas, e as estradas estao maravilhosas de imperariz a riachao nao tem um buraco
bem sinalizada quanto as pousadas notas 10 variam de 50 reais a 200 a diaria do casal. nas cachoeiras em todas voce tem um otimo atendimento com funcionarios super preparados para lhe atender bem restaurantes com otimas refeicoes e maravilhas q o dinheiro nao compra eu recomendo principalmente aos q ainda nao foram pelo menos uma vez na vida vc deve ir a esas cachoeiras maravilhosas

Anônimo disse...

gostaria de passar a noite nesse local mas na minha barraca mesmo ou dormir em rede, então pode acampar lá assim? e quanto paga pela entrada?
aguardo resposta,Boa noite!

Márcia disse...

Fui à Carolina em setembro de 2013,fiz a trilha do Morro do Chapéu e a do Portal,conheci muitas das cachoeiras da Chapada das Mesas,e confesso,é um dos lugares mais exuberantes que já conheci.As estradas em excelente estado,a hospitalidade em Carolina,as acomodações,não tenho do que reclamar,além de que a cidade conserva os belos casarios da época de D. Pedro I.Quem não conhece,precisa conhecer.Recomendo.

Márcia disse...

Fui à Carolina em setembro de 2013,fiz a trilha do Morro do Chapéu e a do Portal,conheci muitas das cachoeiras da Chapada das Mesas,e confesso,é um dos lugares mais exuberantes que já conheci.As estradas em excelente estado,a hospitalidade em Carolina,as acomodações,não tenho do que reclamar,além de que a cidade conserva os belos casarios da época de D. Pedro I.Quem não conhece,precisa conhecer.Recomendo.

Márcia disse...

Fui à Carolina em setembro de 2013,fiz a trilha do Morro do Chapéu e a do Portal,conheci muitas das cachoeiras da Chapada das Mesas,e confesso,é um dos lugares mais exuberantes que já conheci.As estradas em excelente estado,a hospitalidade em Carolina,as acomodações,não tenho do que reclamar,além de que a cidade conserva os belos casarios da época de D. Pedro I.Quem não conhece,precisa conhecer.Recomendo.

Anônimo disse...

Fui à Carolina em setembro de 2013,fiz a trilha do Morro do Chapéu e a do Portal,conheci muitas das cachoeiras da Chapada das Mesas,e confesso,é um dos lugares mais exuberantes que já conheci.E a cachoeira da Pedra Caída é de tirar o fôlego,emociona estar ali dentro,passar por aqueles cânions e encontrar tanta beleza,você se sente mais próximo de Deus ali.Não tenho prar descrever o quesenti.Quanto às estradas,estão em excelente estado,a hospitalidade em Carolina,as acomodações,não tenho do que reclamar,além de que a cidade conserva os belos casarios da época de D. Pedro I.Quem não conhece,precisa conhecer.Recomendo.

Anônimo disse...

Fui à Carolina em setembro de 2013,fiz a trilha do Morro do Chapéu e a do Portal,conheci muitas das cachoeiras da Chapada das Mesas,e confesso,é um dos lugares mais exuberantes que já conheci.E a cachoeira da Pedra Caída é de tirar o fôlego,emociona estar ali dentro,passar por aqueles cânions e encontrar tanta beleza,você se sente mais próximo de Deus ali.Não tenho palavras para descrever o que senti.Quanto às estradas,estão em excelente estado,a hospitalidade em Carolina,as acomodações,não tenho do que reclamar,além de que a cidade conserva os belos casarios da época de D. Pedro I.Quem não conhece,precisa conhecer.Recomendo.

Anônimo disse...

Estou com dúvidas, pois fui escolhido na escola pra uma excursão na Serra da Capivara no PIAUÍ, mas haverá um excursão no ano que vem pra Carolina. Qual devo escolher?
Me tirem essa dúvida Por Favor estou desesperado sem saber o que fazer