quinta-feira, 19 de novembro de 2015

O Maranhão não é o estado mais pobre do Brasil, é a quarta maior potência econômica do Nordeste, diz os dados do IBGE


Consolidado na posição de quarta maior potência econômica do Nordeste, o Maranhão se distancia mais do RN, quinto colocado e se aproxima do Ceará 3º colocado

PIB 2013 - O PIB dos estados é divulgado dois após o exercício

Valores em bilhões de reais

1. Bahia: 204.265
2. Pernambuco: 140.728
3. Ceará: 108.796
4. Maranhão: 67.593
5. Rio Grande do Norte: 51.446
6. Paraíba: 46.325
7. Alagoas: 37.223
8. Sergipe: 35.193
9. Piauí: 31.240

Maiores crescimentos brutos no ano (2012 - 2013)

1. Bahia: 19.571
2. Pernambuco: 9.241
3. Ceará: 7.409
4. Maranhão: 4.295
5. Rio Grande do Norte: 3.226
6. Alagoas: 2.350
7. Sergipe: 2.024
8. Piauí: 1.919
9. Paraíba: 1.429

Fonte: http://saladeimprensa.ibge.gov.br/no...idnoticia=3038


Produto Interno Bruto   População Produto Interno Grandes Regiões
   residente Bruto e Unidades
1.000.000 R$  Variação real (1.000 hab.)(1) per capita da Federação
Preços Preços do anual (%)  R$ 
correntes ano anterior    
5.316.454 4.950.730 3 201.033 26.445,72 Brasil
292.342 266.647 3 16.983 17.213,30 NORTE
31.092 30.307 0,7 1.728 17.990,69 Rondônia
11.440 10.329 2 776 14.733,50 Acre
83.293 75.388 4,4 3.808 21.873,65 Amazonas
9.027 8.169 5,9 488 18.495,80 Roraima
120.949 109.778 2,8 7.970 15.176,18 Pará
12.762 11.493 3,2 735 17.363,82 Amapá
23.778 21.182 2,5 1.478 16.086,37 Tocantins
722.809 671.345 2,9 55.795 12.954,80 NORDESTE
67.593 63.298 4,7 6.794 9.948,47 Maranhão
31.240 29.321 2,4 3.184 9.811,04 Piauí
108.796 101.387 4,7 8.779 12.393,39 Ceará
51.446 48.220 4 3.374 15.247,87 Rio Grande do Norte
46.325 44.896 5,7 3.914 11.834,54 Paraíba
140.728 131.487 2,9 9.209 15.282,28 Pernambuco
37.223 34.873 0,7 3.301 11.276,59 Alagoas
35.193 33.169 1,1 2.196 16.028,28 Sergipe
204.265 184.694 1,3 15.044 13.577,74 Bahia
2.938.539 2.741.014 2 84.466 34.789,78 SUDESTE
486.955 443.422 0,4 20.593 23.646,21 Minas Gerais
117.043 116.755 0 3.839 30.484,96 Espírito Santo
626.320 580.883 1,2 16.369 38.262,13 Rio de Janeiro
1.708.221 1.599.954 2,9 43.664 39.122,26 São Paulo
878.150 810.378 6,1 28.796 30.495,79 SUL
332.837 301.217 5,6 10.997 30.264,90 Paraná
214.217 198.567 3,6 6.634 32.289,58 Santa Catarina
331.095 310.594 8,2 11.164 29.657,28 Rio Grande do Sul
484.615 461.345 3,9 14.993 32.322,31 CENTRO-OESTE
69.118 66.037 6,6 2.587 26.714,57 Mato Grosso do Sul
89.124 82.529 3,7 3.182 28.007,75 Mato Grosso
151.010 142.702 3 6.434 23.470,48 Goiás
175.363 170.078 3,8 2.790 62.859,43 Distrito Federal

8 comentários:

Héder P. S. W. disse...

Cara gosto do teu blog. Mas esse tipo de noticia exaltada como grande feito é um ufanismo barato que só vai fazer piorar as coisas para o Maranhão.

É o estado mais pobre do Brasil sim. O PIB bruto de um país não diz nada sobre riqueza ou pobreza se fosse assim o Brasil seria melhor que Noruega, Suécia, Suiça e por ai vai...

Pegamos um estado com população inferior ao Maranhão como Santa Catarina, sabe qual é o PIB deste estado ? 214 bilhões ou seja o estado do MA tem apenas 31% do pib catarinense com uma população maior.

Isso é uma vergonha.!!!

neide disse...

Pode não ser o mais pobre realmente. Tem outros na mesma situação do Maranhão, como Piaui, Sergipe, Alagoas e outros. Mas mais o Estado é pobre sim na educação, na saúde, no saneamento basico e, infelizmente , é isso que sobressai, é isso que a mídia mostra. Vi esta semana em um programa de televisão uma escola, que mais parecia um barraco, mostrada por fora mas dava para imaginar como era por dentro, em condições precárias, localizada na área rural de Barreirinhas. A noticia era sobre um crime que aconteceu lá. Mas também chamou minha atenção as condições da escola e por está localizada em um município tão famoso e tão proximo da capital São Luis. Infelizmente como essa tem muitas e a televisão tá sempre mostrando. Uma pena.

Van Fera disse...

Meu amigo primeiro,desde o início do Brasil que o sul sempre foi beneficiado com investimentos maciços, e não só o maranhão mas todo o nordeste foram esquecidos, principalmente o maranhão. O maranhão não é não o estado mais pobre os números mostram e estão aí as claras pra todo mundo ver, porquê aqui no maranhão não nos escondemos e mostramos a cara.
E agora que as coisas estão começando a mudar vocês vem querer nos botar pra baixo, ora se manque e se situe, o crescimento do maranhão é um caminho sem volta.
Crescemos de cinco a sete bilhões por ano consecutivo, além do que somos melhores, custamos a fazer mas quando fazemos fazemos bem feito.

Van Fera disse...

Meu amigo primeiro,desde o início do Brasil que o sul sempre foi beneficiado com investimentos maciços, e não só o maranhão mas todo o nordeste foram esquecidos, principalmente o maranhão. O maranhão não é não o estado mais pobre os números mostram e estão aí as claras pra todo mundo ver, porquê aqui no maranhão não nos escondemos e mostramos a cara.
E agora que as coisas estão começando a mudar vocês vem querer nos botar pra baixo, ora se manque e se situe, o crescimento do maranhão é um caminho sem volta.
Crescemos de cinco a sete bilhões por ano consecutivo, além do que somos melhores, custamos a fazer mas quando fazemos fazemos bem feito.

Marcus Guedes disse...

O Héder tem razão. Na sua chamada, você cita que não é o mais pobre do BRASIL e na sua noticia você ranqueia os estados do NORDESTE, uma comparação de maça com banana.

Safira Montreal disse...

Kkkkkk custamos a fazer foi bom... os típicos preguiçosos. O fato é que o estado do Maranhão não é culpa do governo é do povo mesmo, que tem preguiça e a burrice encrostada na alma. Porra sem estudos, sem educação. Praticamente semi-analfabetos. Em fim, vivo num estado que possui pouca infraestrutura na educação também, mas aqui pelo Menos nos esforçamos a estudar e a buscar semprr o melhor

Joao Paulo Mota disse...

E vc deve ser boa pra trabalhar, deve ser uma prostituta bem esforçada.. querida em todo lugar tem gente preguiçoso e metido a besta que nem vc.. o povo do MA É muito guerreiro e trabalhador apesar da maioria não ter instrução pra ter mudado seus governantes antes mas já estão abrindo os olhos o Maranhão daqui poucas décadas será uma potência filha pode escrever aí.. e não se esqueça que quem construiu o sul pratecamente foram Maranheses, o nordeste safada vai estudar história primeiro!

Anônimo disse...

Acho que são as duas coisas; tanto preguiça do povo, como falta de compromisso dos governantes.Aqui em Santa Inês uma cidade com 48 anos,sem uma industria, sem um setor turistico, sem uma economia voltada pro agronegócio sem uma siderugica e no interior de um dos estados mais pobres do Brasil, conseguiu se desenvolveu só com o comércio local que por sinal é muito forte.